Gustavo Miranda

Palavras... São Idéias & Sentimentos.

Textos

MINHA TUAREG

Um dia desse, quero contar-lhe de meu desejo,
De ir contigo às serras em um fim de tarde,
Para olharmos juntos, eu e tu, o pôr do sol,
O pôr do sol de seus olhos nos meus...

Gosto de fitar o seu olhar longamente,
São chamas de fogo verde... Poção mágica druida!
Deitados, na linha do horizonte, sob a brisa fresca,
Dos ventos do Aracati, que acalantam seus cabelos...

Teus olhos são braseiros de uma alma que queima,
E revela os teus segredos mais íntimos,
Escondidos ou disfarçados, suprimidos?
Não... Suprimidos jamais...

Neste dia quero roubar-lhe um beijo,
De tua boca carmesim e madura,
Jardim de rosas negras com mel,
Alimentação de abelhas rainhas...

Observaremos o astro rei dizer adeus,
E acolher a escuridão que cobre o mundo,
E nos sentiremos seguros pois seremos guiados,
Pela luz de seu olhar de brasas verdes...
Gustavo Miranda
Enviado por Gustavo Miranda em 09/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras