Elizio Santos

Devarim, devarim...

Textos

E(e)STADOS
O Estado é uma droga...
Simplesmente por que o é.
E até mesmo por que...
Não existe Estado.
Somente, estado.

E aí, minha cuca pira, gira, rodopia...
E é o meu estado que fica uma M...
Se as coisas estão ruins a culpa é do Estado!
E como Estado existe somente pela metade,
Então a culpa é do estado.

Talvez o meu estado de loucura...
Que não compreende as coisas do Estado.
E aí?
Aí... Só... Saca?!

Só me resta construir as coisas hoje,
Para destruir elas amanhã,
Por que só há sentido em fazer; para desfazer,
Ou finalizar, se desejar um nome menos... agressivo?

Quiçá...

Ah! minha condição emocional, psicológica...
Imoral ou moral...
Da fase Eufórica ou depressiva...
Ah meu modo de encarar a vida!
Tudo culpa de meu estado!

Estado.
estado.
Status.
estratos?

Drástico...
Ginástico...
Elástico...
estado de todos os estados!
Gustavo Miranda
Enviado por Gustavo Miranda em 07/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras