Elizio Santos

Devarim, devarim...

Textos

PORTAS ABERTAS... CORAÇÕES FECHADOS...
Portas abertas e fechadas,
Para o meu coração,
Diz o som do fado,
Choroso de paixão...

De um amor que,
vê-se apanas ao lardo do porto,
Ponto fixo de quem fica a chorar,
Pelo amor que, longe se vá...

Marejam meus olhos ao ver-te partir,
Em uma viagem de quase morte,
Pois sei que somente em meu bandolim,
Continuarei a te amar...
Gustavo Miranda
Enviado por Gustavo Miranda em 30/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras