Gustavo Miranda
Poesias em prosa.
Capa Textos Áudios Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
EM MIM... EM AMOR... PARA SEMPRE...
Negar que eu te amo?
Impossível...
Afirmar que te amo...
Plausível.

Acaso não passaria o amor de mero jogo de palavras?
Diz o ditado popular: "Só se ama uma vez"...
Tenho medo desta afirmação, ela nos condena a solidão,
Ao ostracismo de nunca mais amar se, admitirmos que já amamos.

Mas eu posso dizer que não conheci o amor?
Não. Eu o conheci, eu o senti, eu o vivi...
E ela tinha 18 anos e eu 21; E ela era de gêmeos e eu também...
E a gente amou, e a gente "se amou", e deu frutos, e...

Nada.
Simples assim... Nada.
E desde então, não há um dia sequer,
Que eu não sobreviva a base deste amor do passado...

Pode parecer loucura de minha parte,
No mínimo indelicado ao extremo com quem viveu o meu viver,
Mas eu tive vários amores de lá para cá, carinho... sexo... só,
Mas posso dizer com toda a certeza... Nunca amei ninguém além de ti.

É triste? Não sei, É bom? Talvez...
Mas por que negar a mim mesmo a verdade?
Não sou um denegador!
Adianta? Não né...
Se por um lado é triste, por outro é esperança!
A esperança se alimenta da tristeza e do desespero...

Esperança de que nenhuma das tristezas que eu vivi,
Eu realmente vivi, ou precisava ter vivido,
No fundo, eu precisava ser triste na prática para sofre o luto,
Pela única mulher que eu amei e ainda amo...

Por que negar que eu vivo prisioneiro voluntário deste amor?
De um amor que nem eu e nem ela fizemos nada para que terminasse,
Mas que foi "terminado" por forças além de nossas vontades joviais,
Mas que vive ainda, ao menos em mim, mesmo depois de 27 anos!

Amores assim são reais, não são coisas de novelas,
Amores assim Inácia, como o que eu sinto por ti, meu amor,
Duram para sempre, vão além desta vida e saiba, eu te sinto presente,
A cada respiração minha eu te sinto aqui, em mim, em amor, para sempre...
Meu único e eterno... amor.
Gustavo Miranda
Enviado por Gustavo Miranda em 24/07/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Capa Textos Áudios Perfil Livro de Visitas Contato