Gustavo Miranda
Poesias em prosa.
Capa Textos Perfil Livro de Visitas Contato
Textos
Poesia 992
Quando nascemos
é como morrendo
só que invertido

Nas duas situações
o desconforto da chegada partida
fecha um ciclo e abre outro

Quando morremos
é quando nascemos
nem pior nem melhor

Gustavo Miranda
Enviado por Gustavo Miranda em 31/01/2020
Comentários
Capa Textos Perfil Livro de Visitas Contato